Modas da internet

Atualmente andei fazendo uma pesquisas em diversos nichos da internet e uma assunto em especial me chamou muito atenção, pois ele vem crescendo cada vez mais na internet e também no mundão a fora, esse assunto é os jogos de azar ou se preferir loterias e jogos de cartas.

Porque esses assuntos estão crescendo?

Bom isso é uma pergunta muito fácil de ser resolvi e também tenho um exemplo excelente para citar, os jogos de azar estão crescendo cada vez mais por influência da mídia, diretamente ou indiretamente, bom vou ser mais claro, alguém que acompanha futebol e já viu o Instagram do Neymar, viu que ele posta partidas de Poker com os amigos direto, inclusive um dos jogos que esta mais crescendo no mundo é o poker por ser uma tendência de modinha, falar que joga poker.

Quando eu me refiro que a mídia influência indiretamente eu falo sobre comercia das loterias caixas por exemplo, pra quem não sabe loterias são os jogos de azar como mega-sena, lotofácil, lotomania, quina entre uma porção de jogos, e o pessoal cada vez mais procura na internet como ganhar na mega-sena, como ganhar na lotofácil, como ganhar na lotomania, enfim, esta evoluindo muito esse mercado, ainda mais durante o final de ano com prêmios milionários e tudo mais, a internet por ser um lugar de fácil acesso a informações acaba criando um mercado para isso também como vídeo no youtube ensinando como mostrado abaixo:

Jogos de baralho é jogo de azar?

Infelizmente sim, sabemos que jogos de baralho são jogos muito viciante e gostosos de se jogar em um domingo com amigos ou durante a semana também no bar, mas é considerado um jogo de azar sim, porém os que são realizados em casas de jogos como em cassinos ou em lugares clandestinos que rolam altas apostas, fiquem sempre atentos e não gastem seus dinheiros em jogos que são feitos para não ter ganhadores.

Alguém vive somente disso?

Não posso mostrar algum conhecido que vive disso, mas existem pessoas que possui esquemas matemáticos e ganham na loteria mais de uma vez, pessoas que são mestres dos baralhos e vão a cassinos e ganham muito dinheiro e vivem somente disso, são poucas pessoas no mundo que conseguem uma façanha dessa porém tomem cuidado se vocês tem esse sonho para sua vida, isso muitas vezes é apenas ilusão de pessoas que querem te fazer acreditar que eles vivem somente do jogo ou de apostas, mas por trás vivem de outras coisas que não declaram, então deixem de lado essa hipótese de trabalhar com jogos.

A internet no meu ponto de vista

Hoje, após mais de 20 anos, a Web tornou-se uma imensa rede interconectada por computadores e pessoas. Ao longo dos anos, empresas tornaram-se líderes no ramo da Web, dentre elas estão a gigante Google e o Yahoo, que cada vez mais carregavam seus servidores com dados.

O World Wide Web Consortium é uma organização que coordena o desenvolvimento de tecnologias para a WWW. Fundada em 1994 por Tim Berners-Lee, o W3C trabalha em conjunto com pesquisadores e desenvolvedores que revisam e criam especificações e padrões para a Web.

A primeira fase da Web, comumente chamada de Web 1.0, teve como principal preocupação a construção da rede. Como alguns autores trazem, a necessidade maior era criar uma rede de comunicação acessível e comercializável.

Portanto, os interesses comuns no seu acesso do serviço eram voltados aos fornecedores de acesso à internet (chamados também de provedores), aos primeiros navegadores que surgiam na época, aos protocolos de conexão como o HTTP, às linguagens de montagem (HTML e XML) e principalmente à criação de websites e portais eletrônicos.

O e-commerce atual é precário na busca relevante de informações, logo, mesmo que o usuário dispõe de muita informação, nem sempre é exatamente aquilo que ele procura. Os principais problemas do modelo atual partem da assimilação e dispersão de informações úteis até a não descrição de atributos genéricos que poderiam auxiliar o cliente no momento da compra.

            Por isso, alguns sites do comércio eletrônico que já implementam a Web Semântica em sua estrutura saem na frente de seus concorrentes no que diz respeito à organização inteligente e eficaz das informações das páginas.

Também chamada de Web Social, a Web 2.0 foi concebida em São Francisco na conferência midiática MediaLive e O’Really Media, em 2004, onde se discutiu que a web poderia ter mais participação dos usuários na forma como os dados são dispostos.

A ideia era tornar a web mais dinâmica e incluir o usuário na construção e modificação do conteúdo disposto. Blattmann e Silva (2007) concebem a Web 2.0 como uma nova concepção de interação de conteúdo:

Os autores ainda frisam que no novo ambiente web é possível criar uma rede de usuários por meio de comunidades com interesses em comum, atualmente classificada como rede social, ao contrário da Web 1.0 que concebia seu conteúdo de maneira estática e sem interação do usuário, apenas informativo.

Observam-se também as alterações nas bibliotecas da rede. Com o surgimento da Web 2.0, a obsoleta biblioteca estática passou por mudanças e adequações para suprir o conteúdo da Web 2.0.